Cultura Todos

25º Concurso Pinóquio foi realizado em Campo Mourão

Foi realizada na noite do domingo, no Teatro Municipal, em Campo Mourão, a 25ª Edição do Concurso Pinóquio de Causos e Mentira (Jubileu de Prata), dividido nas categorias maior mentira infantil, maior mentira da terceira idade, maior mentira adulto e maior causo adulto. O evento foi abrilhantado pela presença dos disputantes, do público, do prefeito municipal Tauillo Tezelli, do vice-prefeito Beto Voidelo, da Secretária Especial da Cultura Marley Formentini e pelo renomado humorista nacional Paulinho Mixaria. O corpo de jurados foi composto por Edilaine de Castro, Lucinei Molina, Carlos Soares e Gerson Maciel.

Os vencedores e melhores colocados

Na categoria maior mentira adulto, o vencedor Geovane da Silva Rodrigues (Personagem “Zé do Banco do Brasil”), com o título “O Brasil que eu quero”. A segunda colocação ficou com Lucas Onofre (Personagem “Pastor Rigoberto”), que contou “O Dia do Apocalipse”. Em terceiro ficou Diego Vieira (Personagem “Jacozinho”), com “As histórias dos irmãos Jacó e Jacozinho”. No maior causo adulto, a primeira colocada foi Arlete Delesporte Nascimento (Personagem “Nanete), que contou “João sem medo”. Em segundo ficou Saulo Aparecido de Souza (Personagem “Mainhaki”), com “As aventuras de Mainhaki”. O terceiro colocado foi Anderson Carolo Pedroso, o “Lambari”, com o causo “Ignorância pouca é bobagem”. A maior mentira infantil trouxe como primeira colocada Maria Clara Lima Santos, com “As histórias da Vó Deuza”. O segundo colocado foi Pedro Henrique Santin Iba (Personagem “Chuninho”), que contou “Malamém”. Na maior mentira da terceira idade, a primeira colocada foi Ocalina Pereira Drona (Personagem Cirola Grande), com “Cirola Grande”. Os concorrentes foram qualificados em uma seletiva que aconteceu no dia 28 de março. As apresentações tiveram como base os seguintes critérios: adequação ao tema e categoria, originalidade, interpretação e figurino e adereços.

O vencedor na categoria maior mentira adulto levou para casa R$ 1.500,00 e troféu. O melhor colocado na maior mentira infantil ficou com R$ 700,00 e troféu. O primeiro do maior causo adulto recebeu R$ 1.200,00 e mais troféu e na categoria maior mentira da terceira idade, a vencedora ficou com R$ 500,00 e mais um troféu.

Causos e Mentiras

O concurso tem como objetivo incentivar a arte da expressão tradicional e folclórica das rodas de causos e comemorar o Dia da Mentira, comemorado no próprio dia 1º de abril. São considerados “mentiras” as histórias onde a imaginação exagerada e livre se liberta dos limites da lógica. Os “causos” são as histórias representando fatos verídicos ou imaginários, contadas com objetivo lúdico. Histórias e estórias que são contadas de geração a geração se tornam causos que se incorporam à cultura popular e de um povo.

 


Deixe um comentário