Política Todos

Com medo de nova greve, ANTT recua em tabela de preços dos fretes

Uma tabela de frete foi uma das grandes reivindicações da greve dos caminhoneiros que parou o país por quase uma semana.

Neste sentido a ANTT (Agência Nacional dos Transportes Terrestres) publicou no último 30 de maio uma tabela de preços. No entanto, pressionada por setores patronais, a agência recuou e publicou uma outra tabela nesta última quinta-feira, 7.

Essa nova tabela tinha valores 20% menores do que a inicial de maio. Só que desta vez foram os caminhoneiros que empinaram a carroça e aí, o medo de uma nova paralisação, fez o governo anular a nova tabela em poucas horas.

Os representantes dos caminhoneiros estiveram reunidos na noite de quinta com o ministro dos transportes, Valter Casimiro e rechaçaram essa nova tabela. Por grupos de whatsapp, já articulavam uma nova greve caso não houvesse recuo do governo. E houve.

“O Ministério dos Transportes e a ANTT decidiram tornar a resolução sem efeito para que amanhã (esta sexta-feira) as lideranças possam ir à agência discutir a questão e a metodologia da tabela para ser publicada novamente”, disse o ministro aos representantes.


Deixe um comentário