Sobre os autores

raoni-e-mario

Raoni de Assis

Raoni de Assis Marques, é historiador, graduado pela Universidade Estadual de Maringá, especialista em história e humanidades e Mestre em História política e movimentos sociais pelo Programa de Pós-Graduação em História pela referida universidade.  Autor do livro “UMES 35 anos – uma rebeldia consequente” em conjunto com Raisa Marques e Darwin de Assis, e do livro “Nos Campos do Mourão”, sobre o futebol profissional mourãoense. É professor e Diretor do Colégio Estadual Vinicius de Moraes em Campo Mourão e atua como apresentador no programa Interação, da TV Caiuá, canal 54.

Participa atualmente do Conselho Municipal da Juventude (COMJUVE) e é presidente do Conselho de Administração da AMS.

Foi colunista esportivo do jornal Correio do Cidadão,  Assessor de Juventude do município e coordenador do Centro da Juventude Itachir Tagliari. Participou do Conselho dos direitos da criança e adolescente (CMDCA), onde foi membro da comissão de fundos.

Participou de diversas entidades estudantis, como UMES, UPES, UBES, CA, DCE da UEM e CUCA – Centro Universitário de Cultura e Arte da UNE. Foi presidente do Conselho Municipal da Juventude e membro do Conselho Municipal de Cultura. Participou do Rotaract Club CM e foi vice-presidente da AMS. Foi membro da executiva estadual da UJS do Paraná e presidente da UJS em Campo Mourão.

Mário Júnior

Mário P. Júnior é formado em processos gerenciais pela UNICESUMAR. Atualmente é pôs graduando em Marketing Digital pela referida universidade.

É diretor de imagem da TV Caiuá, Canal 54, de Campo Mourão e programador da Rádio Top FM, 91.1, também de Campo Mourão.

Atualmente também se dedica a ser diretor, editor e apresentados do quadro Se Liga. Tem ampla experiência em captação e edição de imagens.

Trabalha como produtor de música eletrônica e desenvolve o projeto Friendshipp, projeto de musica eletrônica que criou em 2008 em conjunto com outro parceiro.

Foi operador de gravação nas rádios Rural AM e Humaitá AM, ambas de Campo Mourão.

*

Em um país em que a grande mídia está a serviço de interesses de alguns, manter um blog para o debate de ideias e para dar voz a grupos que não tem espaço é um importante caminho para a verdadeira liberdade de expressão. Este será um espaço democrático e de respeito, para tratar de diversos assuntos.

1 Comentário