Política Todos

Richa envia novo “pacotaço” à Assembleia Legislativa

O governador Beto Richa (PSDB) enviou à Assembleia, em regime de urgência, um novo pacote que mexe com o funcionalismo público. Na proposta, que começou a tramitar na segunda-feira, 7, sob o número 370/2017, o governo do Paraná mexe diretamente no bolso dos servidores estaduais.

O projeto, que será analisado pelos Deputados Estaduais, prevê o reajuste salarial dos servidores estaduais apenas à remuneração base de cada funcionário. Na prática, a medida congela as gratificações dos servidores, como por exemplo, o auxílio transporte.

O governo alega que as medidas gerariam uma economia anual de R$ 100 milhões de reais e foram anunciadas como “medidas preventivas para reduzir despesas”.

O anuncio das medidas de Richa revoltou os sindicatos do funcionalismo e um novo enfrentamento é iminente.

Outra ação polêmica

Outra ação polêmica presente no projeto é a medida que estabelece que nos próximos três anos não haverá concursos públicos para contratação de policiais e bombeiros.

Em contrapartida, o governo quer incentivar os policiais a trabalharem em período de folga, com a criação de uma diária especial de seis horas e ainda evitar aposentadorias com o abono permanência para praças.


Deixe um comentário