Política Todos

Temer é investigado em inquérito que apura pagamento de propina pela Odebrecht

O presidente Michel Temer (MDB) tem mais um denúncia para chamar de sua. O Ministro do STF. Luiz Edson Fachin, aceitou pedido da Procuradoria Geral da República e inclui o nome do presidente em inquérito da Lava Jato que investiga Padilha e Moreira Franco.

O inquérito, aberto em Março do ano passado, apura supostos pagamentos de propina feitos pela Odebrecht na Secretaria da Aviação Civil, que entre os anos de 2013 e 2015, foi comanda por Padilha e Moreira Franco.

No momento, Temer estuda a melhor saída jurídica para a situação. De acordo com o noticiário nacional, o presidente está irritado e deve entrar com ação no STF para a suspensão da investigação.


Deixe um comentário