Campo Mourão Todos

Agente de endemias é estuprada durante fiscalização de residência em Campo Mourão

Um Jovem de 19 anos foi apresentado pela Polícia Civil como responsável pelo estupro de uma servidora pública municipal que trabalha como agente de endemias em Campo Mourão.

De acordo com o Delegado chefe da 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão, Gustavo Pinho Alves, a servidora, de 24 anos, foi estuprada enquanto fiscalizava uma residência na Avenida Paraná, no jardim Nossa Senhora Aparecida. Ainda segundo a autoridade policial, a servidora adentrou a residência e após terminar a fiscalização, foi agarrada pelo pescoço e levada até o quarto, onde foi violentada.

O estupro foi confirmado através de exame no Instituto Médico Legal. Após o ato, a vítima ainda foi ameaçada de morte caso contasse para alguém o ocorrido.

A Polícia Civil e Militar estiveram no local e encontraram o acusado que negou o crime. No entanto, o acusado tinha várias marcas no pescoço que, de acordo com o relato policial, foram feitos pela vítima ao tentar se defender.

Outro caso

O rapaz também foi reconhecido por outra vítima de estupro, ocorrido em abril deste ano na Avenida Tadeu Nunes,no jardim Isabel. A vítima desse outro crime foi abordada na rua e levada a um matagal onde também foi violentada.


Deixe um comentário