Política Todos

Beto Richa estava em reunião que discutiu caixa 2, diz delator

O mês de Setembro começou e o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB) não vai se esquecer tão cedo do primeiro de seu primeiro dia.

Nesta sexta-feira, veio a tona através do portal G1 e também da RPC Curitiba, o teor da delação de Eduardo Lopes de Souza, dono da construtora investigada na Operação Quadro Negro. O acordo de delação ainda não foi homologado pelo STF, mas causa impacto no governo do estado.

Souza afirmou que houve uma reunião na casa do governador Beto Richa, com a presença do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), e do então diretor da Secretaria de Estado da Educação (SEED) Maurício Fanini, há 45 dias da eleição, para discutir caixa dois.

De acordo com a versão de Souza, ele foi comunicado por Fanini que também deveria ajudar na campanha de Traiano e então o empresário levou R$ 100 mil reais em uma mala ao gabinete da liderança do governo na ALEP. Outros valores também foram entregues a Traiano.

O governador Beto Richa afirmou que as acusações são mentirosas de alguém que quer amenizar sua pena.


Deixe um comentário