Política Todos

Bolsonaro apaga vídeo em que compara STF a uma hiena

O Presidente Jair Bolsonaro (PSL) pediu desculpas ao Supremo Tribunal Federal por uma postagem que fez em seu twitter em que se colocava como um Leão acossado por hienas que o atacam. Uma delas representava o Supremo Tribunal Federal (STF), o que gerou repercussão extremamente negativa no judiciário.

O  ministro Celso de Mello, do STF, chegou a afirmar que “o atrevimento presidencial parece não encontrar limites”.

Bolsonaro pediu desculpas ao STF e disse que haverá retratação.

Entre os grupos representados pelas Hienas, estavam os partidos de esquerda, centrais sindicais, movimento feminista e o próprio partido do presidente (PSL) além de organizações internacionais.

Veja o vídeo que Bolsonaro postou e apagou:


Deixe um comentário