Todos

Câncer: Senac sediou evento sobre diagnóstico e acolhimento

“A Importância do Diagnóstico Precoce e Acolhimento por Parte do Profissional de Radiologia” foi o tema de evento que aconteceu na noite desta quarta-feira (24/10) no Senac de Campo Mourão. Palestras, apresentação de vídeo com depoimento de paciente diagnosticada com câncer de mama e a distribuição de brindes fizeram parte do evento realizado como projeto do curso de Técnico em Radiologia, dentro das atividades que marcam o Outubro Rosa.

   Inicialmente, alunos do curso falaram sobre autocuidados com o câncer da mama. Em seguida, a técnica em Radiologia, Rosane Brito – há 10 anos na profissão -, proferiu palestra sobre o diagnóstico (mamografia), explicou sobre a realização do exame, a ética do profissional e os cuidados com o paciente. Também discorreu sobre a importância do CONTER (Conselho Nacional do Técnico em Radiologia).

   No evento foram distribuídos brindes aos participantes, como exame de mamografia e de papa-nicolau, oferecidos pela Clínica Akiyama Diagnóstico Por Imagem  e Laboratório Santa Cecília.

Vídeo

   O evento foi encerrado com a apresentação de vídeo-depoimento de Nataly Rafagnin, diagnosticada com câncer de mama aos 21 anos, que falou como foi a descoberta da doença, o tratamento e o acolhimento por parte dos profissionais. Ela estava sozinha em outra cidade – distante dos parentes e amigos – e havia perdido a mãe em razão de um câncer.

   No depoimento, Rafagnin ressaltou como foi difícil aceitar a doença, falou sobre o tratamento e revelou que chegou até a pensar em se entregar sem se tratar, por conta do trauma sofrido com a mãe, que faleceu na fase de encerramento do tratamento, quando se esperava a cura, o que não aconteceu. Mas com o incentivo e carinho dos profissionais que a acompanhavam, ela aceitou passar pelo tratamento, onde teve três tipos de câncer: mama, linfonodos e pulmonar.

   Nataly Rafagnin deixou alerta as mulheres no vídeo depoimento no sentido de não esperar para procurar ajuda médica e realizar cirurgia, se necessário, para não agravar o quadro clínico.

   O Outubro Rosa tem como objetivo conscientizar às mulheres sobre importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, que tem altas chances de cura quando descoberto cedo. Por sua vez, o Técnico em Radiologia participa ativamente na promoção da saúde, uma vez que deve estudar sobre os exames para tal diagnóstico. Esses profissionais ajudam milhares de mulheres nessa batalha em todo o Brasil. Todos os dias, realizam mamografias e ajudam a diagnosticar essa doença que vitima milhares de mulheres todos os anos.

   A mamografia é fundamental para o diagnóstico e como o exame gera desconforto a paciente o papel do técnico é no acolhimento e esclarecimento sobre o procedimento a ser realizado.

   Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), em 2018 cerca de 60 mil novos casos da doença deverão ser diagnosticados. Em 2016, de acordo com o Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS), mais de 16 mil mulheres morreram por causa da doença.

   Durante todo o mês, o principal objetivo da campanha Outubro Rosa busca incentivar mulheres com idade entre 40 e 69 anos a fazerem os exames mamográficos para prevenir a doença ou descobrirem um possível diagnóstico de maneira precoce, de modo a aumentar as chances de cura.


Deixe um comentário