Todos

Coamo tem receita global de R$ 11 bilhões

A Coamo Agroindustrial Cooperativa – maior cooperativa agrícola do Brasil,- realizou na sexta-feira (16), em Campo Mourão a 48ª Assembleia Geral Ordinária (AGO), com participação de centenas de associados de todas as regiões atendidas pela cooperativa no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

Durante o exercício de 2017, a COAMO registrou receita global de R$ 11,07 bilhões de reais. O número é expressivo, no entanto, sofreu uma redução de 3,32% em relação ao ano de 2016. O Presidente da cooperativa explicou, falando que o estoque de passagem de produtos agrícolas tem aumentado significativamente nos últimos anos – de acordo com a COAMO, em 2017 foi de 43,66 milhões de sacas: “Se estes volumes fossem comercializados no ano, ao preço médio de venda, importaria em R$ 2,24 bilhões. Os bens de fornecimento que foram contratados em 2017 e não retirados importaram em R$ 805,98 milhões.  Considerando a somatória dos valores dos estoques de passagem de produtos agrícolas, ao preço médio de venda e dos valores dos bens de fornecimento contratados e não retirados, elevaria as receitas globais do ano para R$ 14,12 bilhões, o que proporcionaria um crescimento de 23,3% em relação ao ano anterior” disse Galassini.

Recebimento 

A Coamo recebeu em 2017 um total de 7,66 milhões de toneladas de produtos, na maior safra já recebida pela Coamo, representando 3,2% da produção brasileira de grãos. “Para o recebimento desta produção contamos com uma capacidade estática de armazenagem de 5,42 milhões de toneladas a granel e 983,26 mil toneladas de ensacados, totalizando 6,40 milhões, representando um crescimento de 3,7% em relação ao ano anterior”, disse o presidente.


Deixe um comentário