Campo Mourão Todos

Cooperativa da Agricultura Familiar em Campo Mourão

Cresce a mobilização de entidades e órgãos governamentais em Campo Mourão para a criação de uma cooperativa regional da agricultura familiar. Na última segunda-feira (29/1) foi realizada reunião nas dependências do Sindicato dos Trabalhadores Rurais para tratar do assunto e várias deliberações foram tomadas com o objetivo de concretizar a proposta. A meta é formalizar a cooperativa até maio próximo.

A reunião de segunda-feira teve a participação de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da prefeitura de Campo Mourão, Conselho de Desenvolvimento Econômico (Codecam), Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Centro Universitário Integrado, Emater e do Sindicato Rural (STR).

A área de atuação da cooperativa deverá abranger Campo Mourão, Araruna, Peabiru, Luiziana, Mamborê e município limítrofes. Está definido que para se associar, o agricultor familiar fundador deverá recolher cota no valor de R$ 300,00 (em até seis parcelas). Após seis meses da fundação, a cotar de adesão será elevada para R$ 500,00 (em até cinco parcelas). O nome fantasia da cooperativa ainda está em fase de estudos.

A próxima reunião deverá acontecer na segunda quinzena de fevereiro e um técnico da Emater deverá proferir palestra no encontro para apresentar aos produtores rurais conceitos relacionados a cooperativismo. Também deverá discorrer sobre o estudo de viabilidade do empreendimento, a composição para a formação da cooperativa e a importância do estatuto social.

Na sequência, a comissão de formação da Cooperativa Regional da Agricultura Familiar vai se reunir para definir detalhes do estatuto social.  Segundo Luis Marcos Campos, presidente do Codecam, a iniciativa dará aos pequenos produtores a oportunidade de conjugar esforços em prol do desenvolvimento comum.


Deixe um comentário