Todos

Daleffes reúnem-se em CM e fazem plantio coletivo

Por Dilmércio Daleffe

O propósito era mesmo se encontrar. E encontraram-se. Mas o evento da família Daleffe de todo o país neste final de semana, em Campo Mourão, tornou-se algo maior. Foi a segunda Daleffest. Foi a confirmação de uma união. Foi quando cerca de 150 pessoas do mesmo sangue deram as mãos e fizeram juntas um plantio coletivo de mudas de árvores nobres. Os laços foram eternizados. Idosos, jovens e crianças criaram o Bosque dos Daleffes. A emoção tomou a todos. “Foi algo muito marcante. Foi impressionante ver a expressão e a satisfação nos olhos de todos ali”, disse Dalério Daleffe, que percorreu 900 Km desde Criciúma para participar do evento.

Cedidas pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), as mudas foram o ponto alto da festa, que teve início na sexta feira, com a chegada das primeiras famílias, de Campinas e Pirapozinho (SP). No sábado, pela manhã, os Daleffes foram recepcionados por membros de Campo Mourão. Uma benção do Padre Jurandir abriu o evento. Logo depois o Cheff Peteleco serviu os tachos do Carneiro no Buraco. A iguaria foi aplaudida pelos participantes que, até então, jamais haviam experimentado o prato. Edsom Daleffe, de Jandira (SP), disse que o carneiro foi especial. “Já tinha comido carneiro. Mas desse jeito, nunca. Muito bom mesmo”, afirmou.

Após o almoço, a família assistiu a um vídeo documentário, desde a vinda da Itália do primeiro Daleffe, em 1891. Os irmãos Delordes, Delso e Denir Daleffe, pioneiros em Campo Mourão, foram homenageados numa sessão emocionante. Eles foram lembrados por tudo o que fizeram pela família na cidade. Pelo caráter e qualidades indiscutíveis ao bem da comunidade. A solenidade terminou com todos os 150 membros da família plantando as árvores – Paus Brasil, Perobas, Jequitibás, e outras.

Já a noite, os Dalffes foram levados até a cidade, onde participaram de uma grande degustação de vinhos, seguida por jantar dançante italiano no Buffet Telhados de Paris. Regado a muitos vinhos, o jantar marcou o encerramento da segunda Daleffest. Mas antes disso, Ademir Daleffe, de Francisco Beltrão, anunciou que a terceira edição da festa acontecerá em sua cidade, em 2019. Lá, residem cerca de 130 membros da família, que irão em peso ao evento.


Deixe um comentário