Saúde Todos

É FAKE: História do “borracheiro” é usado para desacreditar números do Coronavírus

A informação de que um “primo de um porteiro morreu” vítima de um estouro de pneu e que este óbito havia sido contabilizado como Coronavírus é falsa.

Em algumas postagens, o rapaz que morreu seria um porteiro. Em outras, seria caminhoneiro. Em outras, borracheiro. Diferentes imagens de um suposto atestado de óbito também circularam nas redes sociais. Em algumas, o CPF corresponde, em outras, não.

O objetivo da postagem é desacreditar os números da pandemia do Coronavírus no Brasil. Parlamentares da Câmara Federal encaminharam a situação a Polícia Federal para que seja investigado a origem da notícia falsa.


Deixe um comentário