Campo Mourão Todos

Estacionamento rotativo será tema de reunião na ACICAM

Os empresários, lideranças e a comunidade de Campo Mourão estão sendo convidados pela Associação Comercial e Industrial (Acicam) para reunião nesta sexta-feira (31/5) com a equipe da prefeitura envolvida no processo para a implantação do estacionamento rotativo na área central da cidade.  Esta é uma antiga reivindicação dos comerciantes e a implementação do sistema é apontada como a única forma de equacionar o problema de falta de vagas de estacionamento.

Há muito se cogita a adoção do estacionamento pago no centro da cidade e diversas medidas para aumentar o número de vagas foram adotadas pela prefeitura nos últimos anos, como a implantação do estacionamento em diagonal e também o estacionamento em paralelo em algumas avenidas centrais. Porém, com o decorrer do tempo, essas medidas mostraram-se meramente paliativas.

A falta de vagas para estacionamento é uma reclamação não apenas dos comerciantes, mas também de profissionais liberais e muitos outros empresários instalados no centro de Campo Mourão, que sentem seus negócios serem prejudicados por seus clientes não encontrarem vagas para deixar seus veículos. Até a população já reclama e cobra providências do poder público para resolver o problema. Diversas cidades do porte de Campo Mourão já implantaram o estacionamento rotativo.

Enquanto o número de vagas em pouco foi aumento nos últimos anos, com as mudanças introduzidas pela prefeitura, a frota de veículos em circulação na cidade aumentou consideravelmente, o que agravou o problema. Mas a falta de vagas de estacionamento é apenas um dos problemas no sistema viário ultrapassado de Campo Mourão. A maior prova disso é o elevado número de acidentes diários e os vários pontos de “gargalos” nos horários de pico, com a formação de longas filas para atravessar avenidas preferenciais no centro da cidade. O trânsito de é atualmente um dos mais violentos do interior do Estado.

A atual administração municipal realizou licitação para definir a empresa que vai explorar o sistema de Zona Azul. Porém, ainda não houve uma definição, resultado de uma série de recursos por parte das empresas concorrentes. A licitação aconteceu no início do ano passado.


Deixe um comentário