Campo Mourão Cultura Todos

Femuc começa nesta quarta com artistas de várias cidades

A Big Bellas Band, de Curitiba, abre a programação artística do 5º Festival de Música de Campo Mourão (Femuc) nesta quarta-feira (31), a partir das 20 horas, no Teatro Municipal. O festival, que vai até o próximo domingo, 4 de agosto, reúne 17 artistas de várias cidades (inclusive de outros estados) e terá ainda três apresentações voluntárias em parceria com instituições, o que totaliza 20 manifestações musicais.

A programação pedagógica do Femuc, começou na segunda-feira com Oficina Corpo e Canto, na Escola Municipal Castro Alves, na Vila Guarujá. Nesta terça-feira, outras duas oficinas foram realizadas no Colégio Estadual Marechal Rondon e na Escola Municipal Domingos José de Souza. “O festival está consolidado entre os eventos do gênero no Brasil. Nesse formato, com oficinas e shows, só existem em grandes cidades”, ressalta a coordenadora da Casa da Música, Débora Soares, que é diretora do festival.

O show de abertura com a Big Bellas Band tem a parceria da Unespar. Na quinta-feira, 1º de agosto, é dia do show voluntário do acordeonista premiado nacionalmente, Marcelo Cigano, em parceria com o Sesc. No dia 2, show com Patrícia Borges e Banda; dia 3 (sábado), show do Quarteto Unknown e o encerramento, no domingo, será com show das práticas musicais, que é o resultado do trabalho desenvolvido em quatro dias com profissionais de música.

Promovido pela Fundação Cultural, por meio da Casa da Música Rosemary Albuquerque, o Femuc começou em 2013 com a proposta de inserir a cidade no circuito dos festivais de música do Estado e do país. Tem como referência festivais de música de Londrina e oficina de música de Curitiba, ambos com mais de 30 edições realizadas.

“O festival tem caráter artístico-pedagógico e objetiva fomentar e desenvolver a cultura e o movimento musical de Campo Mourão e região, dando ao público a oportunidade de estudar e conviver com profissionais renomados e consagrados no mercado musical”, explica a secretária municipal de Cultura, Marley Formentini.


Deixe um comentário