Política Todos

Governo Federal irá retomar rodovias com pedágio e conduzir nova licitação

Os contratos das concessionárias que administram os pedágios no Paraná não serão renovados. A decisão é do Ministério dos Transportes.

Isso porque a maior parte dos trechos que formam o Anel de Integração e estão sob concessão, são da União. Com o fim do convênio de delegação das rodovias federais ao governo do Paraná, que acontece em 2021, as rodovias voltam ao patrimônio da União e as renovações não serão possíveis.

No entanto, o Governo Federal deverá reassumir as estradas e iniciar um novo processo de concessão, só que desta vez todo comandado pela União.

Anel de Integração

O Anel de Integração do Paraná ter cerca de 2,5 mil km de estradas. Atualmente toda essa área está sob concessão de diversas empresas. Destes 2,5 mil km, cerca de 1,8 mil são rodovias federais que foram repassadas até 2021 para o estado que por sua vez entregou para a iniciativa privada.

O valor dos pedágios no Paraná sempre foi motivo de reclamação da população que considera os valores altos demais, o que impacta diretamente na vida dos paranaenses.

 


Deixe um comentário