Política Saúde Todos

Justiça suspende campanha publicitária de Bolsonaro contra o isolamento

Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

A juíza Laura Bastos Carvalho, da Justiça Federal do Rio, concedeu na manhã deste sábado, 28, liminar que impede o governo federal de veicular a campanha publicitária contra o isolamento: “O Brasil não pode parar”.

A decisão liminar da juíza diz que a “União se abstenha de veicular, por rádio, televisão, jornais, revistas, sites ou qualquer outro meio, físico ou digital, peças publicitárias relativas à campanha “O Brasil não pode parar”.

O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal do Rio na noite de quinta-feira, 27. Caso descumpra a ordem, foi estimada multa de R$ 100 mil por infração. Cabe recurso.

A campanha

O governo federal contratou em caráter de urgência e sem licitação, uma agência publicitária paraincentivar a população a ignorar as recomendações de isolamento.

A campanha foi estimada em R$ 4,8 milhões de reais.

 


Deixe um comentário