Campo Mourão Todos

Mais de 870 alunos se formaram no PROERD

Foi realizada na última semana, no Ginásio de Esportes JK, em Campo Mourão, a formatura dos alunos que participaram do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (PROERD – 2018), uma parceria entre o Município de Campo Mourão, por meio da Secretaria da Educação; e a Polícia Militar do Paraná. Os instrutores foram os soldados Elenice Aparecida Martins e Marcelo Takeda. Um total de 877 alunos participaram da iniciativa neste ano de 2018.

O evento contou ainda com a presença do prefeito Tauillo Tezelli, do capitão Joel Guerreiro Martins, além da Secretária da Educação Tania Caetano e do “Leão Dare”, que é símbolo do programa. O “leão” significa a força que as crianças devem ter para resistirem às drogas e lutarem sempre para que este mal não venha fazer parte da vida delas.

Ao final do trimestre, como coroamento pela participação ativa nas aulas do PROERD, os alunos receberam um certificado, afirmando que estão aptos a dizer não às drogas e à violência. O juramento PROERD foi proferido pelo aluno Antony Gabriel Peixoto de Lima, do 5º ano A da Escola Municipal Monteiro Lobato.

Os alunos também redigiram uma redação sobre o PROERD, e após leitura e seleção, foram escolhidas as redações destaques de cada turma. Os alunos com as melhores redações foram Vinicius de Godoi de Paula e Guilherme Iede Portugal (Escola Municipal Bento Mossurunga), Felipe Costa Tristão e Érick Eduardo Carvalho Bonfim (Escola Municipal Cidade Nova), Yohana Nunes Machado e Ana Clara da Silva (Escola Municipal Constantino Lisboa de Medeiros), Thayana Alves da Costa e Jamile Tonato (Escola Municipal Eroni Maciel Ribas), André Gustavo Alves de Lima, Ana Clara da Cruz, Gabriel Ribeiro Moreira e Esther Stadler Pires (Escola Municipal Domingos José de Souza), Stefany dos Santos Silva e Bruna Santana Campos (Escola Municipal Ethanil Bento de Assis), Bruno Viana Costa, Isabella Vicente Holoruka e Ana Clara Karollyne Martins (Escola Municipal Florestan Fernandes – CAIC), Thayana Gabriela Mascarenha, Ana Paula de Souza Daniel e Isablla Koche Fernandes (Escola Municipal Gurilândia), Hellen Patrícia Nascimento e Lucas Riva Teixeira (Escola Municipal Maria do Carmo Pereira), Guilherme Wullian de Araújo e Ellen Ferreira da Luz (Escola Municipal Mário de Mirada Quintana), Rayssah de Moraes Silveira (Escola Municipal Manoel Bandeira), Paulo Ségio Marcomini Kabudisqui Raiani Burille Zang, Beatriz Batista Valesselek e Anne Gabrielle Neves Becker (Escola Municipal Monteiro Lobato), Marcielle Fontes Toscan, Luana Lopes Rezende e Isadora Faria de Souza (Escola Municipal Parigot de Souza), Izabella Laíza de Lima e Vitória Luíza da Rosa Ribas (Escola Municipal Paulo VI); e Queren Hapuque Machado, Isadora Demito Tartarelli, Giovana de Assis Paulino e Anna Carolinna Silva de Almeida (Escola Municipal Urupês). Das 38 redações selecionadas, quatro se destacaram. Foram as de Jamille Tonato (Eroni Maciel Ribas), Ana Clara Carolline Martins (Escola Municipal Florestan Fernandes – CAIC), Ellen Ferreira da Luz (Escola Municipal Mário de Miranda Quintana) e Rayssah de Moraes Silveira (Escola Municipal Manoel Bandeira), primeira colocada. As três primeiras colocadas receberam uma bicicleta como premiação. A empresa Bit Control, parceira do PROERD, doou 320 vagas nos cursos da empresa para os alunos das escolas municipais que participaram do PROERD 2018.

O prefeito Tauillo Tezelli valorizou a iniciativa e destacou a importância do PROERD na formação das crianças. “É uma iniciativa essencial para que estas crianças, estes alunos, possam se manter distantes de tudo aquilo que é prejudicial para as suas vidas, por isso todos estão de parabéns, sobretudo os policiais e os professores e gestores escolares pelo suporte concedido”, destaca o prefeito.

PROERD

O PROERD é um programa educacional de resistência às drogas e à violência, implantado nos Estados Unidos em 1983 e estendido a mais de 50 países. É desenvolvido pela Polícia Militar em parceria com os Municípios e as Secretarias Municipais de Educação. O instrutor PROERD é um policial militar voluntário, selecionado diante de sua conduta profissional, ética e moral. Deve possuir autoestima elevada, dinamismo e afetividade no trabalho com a educação.

O policial militar vai até as escolas e ministra aulas para os alunos dos 5º anos do ensino fundamental. São 10 lições, distribuídas em uma aula semanal, durante três meses. O programa reforça a autoestima dos alunos, ensina a lidar com as tensões, resistir às pressões e principalmente a dizer não as drogas e a violência. Ao final do semestre são entregues diplomas aos alunos em solenidade de formatura. As escolas assim como as famílias são essenciais para o bom desenvolvimento do PROERD. Em um trabalho conjunto: escola, família e polícia militar.


Deixe um comentário