Política Todos

Ministério Público pede a impugnação da candidatura de Beto Richa ao senado

O Ministério Público Eleitoral entrou nesta quarta-feira, 22, com o pedido de impugnação da candidatura ao Senado do ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB).

A alegação do MPE é que Richa foi condenado em segundo instância em uma ação civil pública em razão de uma escala que fez em Paris, com dinheiro público, durante viagem oficial que fez junto com Fernanda Richa em 2015.

De acordo com o Ministério Público, Richa está inelegível: “Encontra-se inelegível, uma vez que foi condenado no âmbito da Ação Popular nº 0006586-98.2015.8.16.0004, por decisão colegiada proferida pela 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ/PR), na data de 07 de agosto de 2018” diz o MP.

A defesa de Richa diz que o ex-governador não sofreu nenhuma condenação por suspensão dos direitos políticos e afirma que ele está apto a concorrer ao pleito.


Deixe um comentário