Política Todos

Ministro da Educação de Bolsonaro chama brasileiros de “canibais”

Ministro, que é colombiano, ainda disse que durante viagens brasileiros roubam quartos de hotéis. Foto: Marcos Correa/PR

O Ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro (PSL), Ricardo Vélez Rodríguez, continua a fazer declarações polêmicas.

A última, foi pesada e causou reações dentro do Congresso Nacional e também em comentaristas políticos.

Rodríguez, que é colombiano, disse em entrevista a Revista Veja que “O brasileiro viajando é um canibal. Rouba coisas dos hotéis, rouba assentos salva-vidas do avião; ele acha que sai de casa e pode carregar tudo. Esse é o tipo de coisa que tem de ser revertido na escola” disse o ministro.

A declaração pode fazer o Ministro tem que ir ao Congresso se explicar.

O Deputado Federal Alexandre Molon (PSB) apresentou um requerimento para que o Ministro vá se explicar no Plenário. O requerimento já tem 176 assinaturas de Deputados, cinco a mais do que o mínimo necessário para a convocação.

Ministro tenta se explicar

Sobre a declaração de que o brasileiro viajando é um canibal, a assessoria do ministro afirmou que ele estava se referindo a casos específicos de determinados jovens e não quis generalizar.


Deixe um comentário