Esportes Todos

Paraná Clube completa hoje 25 anos de fundação.

Paraná

Um dos maiores clubes de futebol do Paraná, com uma das histórias mais singulares entre os clubes brasileiros, completou nesta sexta-feira, 19, 25 anos de história. Trata-se do Tricolor das Araucárias, o Paraná Clube, fundado oficialmente em 19 de dezembro de 1989, meses depois da criação do Sport Club Campo Mourão.

O Paraná Clube nasceu gigante. É fruto da fusão de dois importantes clubes da capital do estado, o Colorado, com muita torcida, e o Pinheiros, com muito dinheiro e patrimônio. Esta fusão criou, na época, um dos clubes com maior patrimônio do Brasil, conhecido como “a Força do Sul”.

Antes dessa última fusão, porém, uma história centenária de junções de clubes levou ao Paraná. Primeiro o Leão FC e o Tigre FC formaram o Britânia em 1914. Neste mesmo ano nasceu o Savóia. Em 1915 nasce o Água Verde que é incorporado pelo Savóia em 1920, surgindo da fusão o Palestra Itália. Em 1930, nasce o Ferroviário e, na Segunda Guerra mundial, o Palestra Itália troca de nome para Paranaense, que em seguida muda de nome para Comercial e depois Palmeiras. Em 1942, o Savóia troca o nome para Brasil. Com o fim da guerra, o Palmeiras volta a ser Palestra e o Brasil muda o nome para Água Verde. Em 1971, Britânia, Palestra Italia e Ferroviário fundem-se para formar o Colorado. No mesmo ano o Água Verde passa a se chamar Pinheiros.

Durante toda a década de 1990, o Paraná Clube fez jus a este status de terceiro grande da capital e elemento presente no Trio de Ferro, apelido dado a Atlético, Coritiba e Paraná. O Tricolor dominou os campeonatos paranaenses dos anos 90 conquistando 6 títulos, sendo cinco deles em sequência

Foi no Paraná que grandes jogadores desfilaram pelos campos do Estado, como o atacante Saulo, o meia João Antônio, o meia Lúcio Flávio e o também meia Ricardinho, campeão do mundo com a seleção e com o Corinthians.

Com o lema “O Poder da Realização” escrito em um guardanapo na reunião de sua criação, o desafio do Paraná era consolidar-se entre as maiores forças do futebol brasileiro e como o time dos paranaenses. Por isso, o time chamou-se Paraná, ficou conhecido como Tricolor das Araucárias e ainda leva em seu emblema a Gralha Azul, ave símbolo dos paranaenses.

guardanapo

No entanto, apesar do sucesso inicial e da chegada a Taça Libertadores da América em 2007, o clube caiu muito, perdeu parte do seu patrimônio, e hoje vive uma luta muito diferente: se consolidar no cenário paranaense novamente. Há muitos anos sem disputar a elite do futebol brasileiro, o Paraná Clube chegou a ser rebaixado para a Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense, em um de seus momentos mais difíceis de sua trajetória e algo inimaginável para aqueles que viram o início do Tricolor.

Títulos

O Paraná Clube possui alguns títulos em sua história.  Ao todo, o Tricolor conquistou sete títulos estaduais (1991, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997 e 2006). Também levantou duas vezes o título de Campeão Brasileiro da série b em 1992 e 2000.

Com os mourãoenses

Três dos jogos mais marcantes feitos por times de Campo Mourão foram realizados contra o Paraná Clubes com a distância de 15 anos entre eles. Um contra o Sport Campo Mourão, outro contra a ADAP.

Foi contra o super time invicto do Paraná Clube que o Sport Campo Mourão conquistou uma das suas mais memoráveis vitórias em campo, no Campeonato Paranaense de 1991. Com gols de Alcântara (maior artilheiro do Brasil naquele ano) e João Carlos, o Leão do Vale suplantou o time que viria a ser campeão paranaense jogando no RB por 2 a 1. Esse jogo é lembrado com carinho, muitas vezes mais do que a final do Paranaense de 2006.

Outro jogo contra o Paraná que sempre ficará na história do futebol local aconteceu em 2006, quando ADAP e Paraná Clube decidiram o título estadual em duas partidas. A primeira, vencida pelo Tricolor por 3 a 0, foi jogada em Maringá, já que o RB não comportava a partida final do Paranaense. Milhares de mourãoenses se deslocaram para ver o jogo no Regional Willie Davids na Cidade Canção. A segunda partida aconteceu no Pinheirão em Curitiba, e ficou empatada em 1 a 1 com o título ficando em Curitiba. Esta, inclusive, foi a última conquista do Paraná, que vivem jejum de 8 anos.


Deixe um comentário