Educação Todos

Plenária da Unespar inicia aproximação com a comunidade da região de Campo Mourão

Em mais uma edição das plenárias que tem realizado, a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) reuniu no campus de Campo Mourão a comunidade do município e da região. O evento, como tem acontecido em todos os campi, objetiva a aproximação e o diálogo com os diversos setores da sociedade de modo a apresentar os números da instituição e as ações que são desenvolvidas no ensino, na pesquisa e na extensão.
O reitor da Unespar, professor Antonio Carlos Aleixo, explicou que a ideia surgiu durante o planejamento da segunda gestão da universidade e com as recentes audiências internas aprofundou-se a proposta. “As plenárias comunitárias passam a ter uma importância muito maior no momento em que nós percebemos um ataque muito forte que busca esvaziar a importância das universidades junto à população. Estamos interessados em abrir um diálogo com a comunidade externa para que conheça melhor a universidade e ajude a fazer a defesa desta instituição pública”, enfatizou.
Para o responsável pela organização da plenária, professor Amauri Ceolim, o evento é importante para publicizar o que se faz e já que falam de uma instituição pública ter a participação da comunidade em todos os processos é fundamental.
Participações
Dentre os presentes da comunidade externa, o vereador de Campo Mourão e egresso da instituição, professor Cícero Souza, comentou que falar do papel e da importância da universidade parece ser redundante. “Só o fato da existência da Unespar aqui para a região da Comcam já é um marco se pegarmos a história de São Paulo e do Rio de Janeiro, com a não existência de universidades públicas. Nós precisamos sair de nossos espaços e irmos para os bairros e nos mostrarmos. Se não resistirmos vamos sucumbir diante das estratégias de que somos os trabalhadores, servidores públicos, que causamos os maiores prejuízos para os cofres públicos e para o estado do Paraná”, disse enfatizando estar disposto a levar a universidade para o debate no legislativo municipal.
O presidente da Câmara de Peabiru, José Durães de Souza, também marcou presença e destacou que o legislativo do município está aberto para receber os representantes da universidade. Como expôs, as sessões permitem um espaço para que instituições façam apresentações de interesse da comunidade. Diante da informação, um dos encaminhamentos definidos na plenária é que será solicitada uma data para que a Unespar participe da reunião e dialogue com os demais vereadores.
No mesmo caminho, o presidente do núcleo sindical da APP em Campo Mourão, Ironei de Oliveira, declarou que o sindicato é solidário e apóia a universidade, pois a sociedade depende da instituição para formação de cidadãos críticos com conhecimento científico e humano.
Defesas e encaminhamentos
Representando os docentes da Unespar, o professor Luciano Ferreira, afirmou que a Unespar contribui muito com o desenvolvimento da Comcam. “Esperamos que as autoridades compreendam a contribuição e exerçam as suas posições na valorização desse bem público que é a Unespar”, discursou.
O diretor do campus de Campo Mourão da Unespar, professor João Marcos Avelar, reforçou que é objetivo de sua gestão ampliar o contato com a comunidade e já indicou um programa que está para ser iniciado e resultará na elaboração de um diagnóstico dos municípios da Comcam para levantar potencialidades, fraquezas e depois criar um banco de dados com os indicadores. “Vamos realizar um trabalho com ações concretas e objetivas que tragam retorno à sociedade. Essa universidade tem compromisso e muitas ações que vão ao encontro do interesse social, humano e ambiental da região”, discursou.

Deixe um comentário