Educação Todos

Prefeitura renova permissão de uso da Estação do Cerrado para a Unespar

O Município de Campo Mourão, por meio da Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, prorrogou por mais 35 anos a cessão de uso da Estação Ecológica do Cerrado para o Campus Campo Mourão da Unespar. O termo aditivo foi assinado na manhã da quarta-feira,  19, pelo prefeito Tauillo Tezelli e o diretor da Unespar em Campo Mourão, João Marcos Borges Avelar. O professor Mauro Parolin, que esteve presente no ato, deixou claro que a instituição cuida deste espaço desde o projeto de sua criação, no ano de 1987. “O termo estipulado anteriormente não tinha prazo de vigência, pois cada parte poderia romper a qualquer momento, dificultando a transferência dos recursos, o que será diferente agora”, ressalta.

De acordo com o diretor da Unespar, há interesse de inclusive de se investir no local nos próximos anos, levando extensões de cursos, como Geografia, e Turismo e Meio Ambiente, por exemplo, para aquele espaço, para que os estudantes tenham mais subsídios durante as atividades práticas dos cursos. O Diretor da Unespar Campo Mourão deixou bem claro que é de fundamental importância esta garantia de utilização do espaço. “Vamos ampliar a questão ambiental, a questão das visitas, pois o cerrado é algo inédito em nossa região, em nível nacional. Agora, com recursos do governo federal, vamos construir salas de aula e laboratórios, para que possamos levar o mestrado de Geografia, que já está em trâmites, a este local, já que sua característica é estudar, especialmente, as questões ambientais que ali estão presentes”, destaca.

O prefeito considera de fundamental importância a parceria com esta instituição de ensino, especialmente nesta questão, o que tem sido de muita importância para a cidade, num sentido geral. “Temos uma área ambiental de muito destaque e importância em nossa cidade, que é a presença da Estação do Cerrado. E se este espaço contribuir para as pesquisas acadêmicas, fortalecendo ainda mais a questão educacional, para nós, este valor será ainda maior”, considera.


Deixe um comentário