Campo Mourão Todos

Startups de Campo Mourão finalizam InovAtiva Brasil

O maior programa de aceleração de empresas do país, o InovAtiva Brasil, realizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e pelo SEBRAE, encerrou seu ciclo na última segunda-feira (11) com um grande evento em São Paulo, com a presença de investidores, aceleradoras privadas, além de representantes do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Sebrae e entidades representativas do segmento.

O lançamento do programa em Campo Mourão ocorreu dia 29 de junho, em evento realizado pelo Município de Campo Mourão, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico/Tecnocampo, SEBRAE, Associação Comercial e Industrial de Campo Mourão (Acicam), Fundação Educere e Sindicato de Empresas de Tecnologia da Informação (SindiTI). No Brasil todo foram 956 empreendedores que inscreveram seus projetos de inovação. Com várias etapas classificatórias para os empreendedores, o evento final contou com um seleto grupo de 103 empreendedores de todo o país.

         Campo Mourão estava representada com três empreendedores, ou seja, mais do que alguns Estados inteiros e entre as três cidades do Paraná que mais tiveram projetos: Luis Danilo de Oliveira, fundador da empresa PONCE, incubada na Fundação Educere. Wagner Aparecido Monteverde, fundador da Cybersecurity++ e Laersion Jorge Badotti, fundador da Payplug.

Para o jovem empreendedor Luis Danilo, o programa foi excelente. “Além das mentorias com executivos experientes do mercado, também foram abertas portas para acesso a financiamentos e investimentos especiais para as empresas de tecnologia”, destaca.

Também bastante procurado pela inovação do projeto de cibersegurança, Wagner Monteverde, empreendedor e professor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Campus Campo Mourão, ressaltou que foi procurado por pelo menos duas aceleradoras de empresas privadas, investidores, parceiros e já fechou negócio com clientes.

“Este resultado reflete a qualidade dos projetos e a qualificação dos empreendedores da nossa cidade. Esperamos que esta atuação funcione como fonte de inspiração para os estudantes e também como apoio para as nossas políticas públicas de desenvolvimento baseada em empresas de tecnologia”, observa Eduardo Akira Azuma, diretor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Campo Mourão.


Deixe um comentário