Todos

Testemunhas dizem ter sido dispensadas pela PM no local da morte de Marielle

O jornal O Globo revelou que testemunhas afirmaram ter sido dispensadas pela Polícia Militar no local da morte da vereadora Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes.

De acordo com o relato, policiais do 4º Batalhão chegaram ao local onde estavam Marielle e Anderson e mandaram todos se afastarem. De acordo com duas testemunhas, os policiais sugeriram que todos fossem para casa.

Até o momento nenhuma informação sobre a execução dos dois foi divulgada. A investigação corre sob sigilo.


Deixe um comentário