Todos

Tiro de Guerra realiza ato cívico para marcar Dia da Bandeira na Praça São José

Em 19 de novembro comemora-se o Dia da Bandeira do Brasil. Em Campo Mourão a data foi lembrada nesta segunda-feira pelo Tiro de Guerra, em solenidade cívica na Praça São José. Além dos atiradores, o ato contou com a presença do chefe de instrução, sub-tenente Clédison Lopes de Santana, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e de alunos da Escola Municipal Manoel Bandeira. O prefeito Tauillo Tezelli foi representado pelo procurador geral do município, Robervani Pierin do Prado.

O momento marcante foi a incineração de uma bandeira inservível, respeitando a lei que prevê a substituição do pavilhão por ocasião do Dia da Bandeira. O ato contou ainda com o canto do hino à Bandeira pelos atiradores. O chefe de instrução do TG explicou que a legislação proíbe descartar a bandeira nacional inservível no lixo. “Por isso é feita a incineração por instituições militares”, justificou.

O chefe de instrução do TG fez a entrega de uma bandeira nova para a professora Aline de Jesus, da Escola Manoel Bandeira. “É um gesto de agradecimento pela presença dos alunos dessa única escola que esteve na cerimônia, onde com certeza tiveram uma aula de história e de cidadania”, enfatizou o sub-tenente Clédison. Atiradores matriculados neste ano também fizeram o juramento à bandeira.

A comemoração do Dia da Bandeira passou a fazer parte da história do país após a Proclamação da República, no ano de 1889. A substituição da bandeira imperial por uma bandeira republicana representa as mudanças que o Brasil passava naquele momento na forma de governar.


Deixe um comentário