Política Todos

TRE realiza auditoria a pedido do PSL e não constata nenhuma irregularidade em urnas eletrônicas

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná realizou uma auditoria em urnas eletrônicas a pedido do PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro, em função de alguns apontamentos levantados pelo partido.

A auditoria tinha os seguintes objetivos: certificar-se de que os sistemas instalados nas urnas auditadas são os mesmos que foram lacrados pelo TSE; se as urnas estavam em perfeitas condições de uso e funcionamento e se haveria indícios de qualquer tipo de fraude no sistema ou no funcionamento das urnas.

A auditoria foi realizada no dia 19 de outubro, contando com a presença de um auditor do PSL – que teve que se ausentar por motivos pessoais – e chegou a conclusão de que não há nenhum indício de irregularidade.

Mais de 100 milhões de brasileiros voltarão as urnas neste próximo domingo para escolher o presidente e também governadores em alguns estados.


Deixe um comentário