Política Saúde Todos

Vice-presidente eleito acredita que metade dos médicos cubanos não voltarão para casa

 EFE/FERNANDO BIZERRA JR

O Vice-Presidente eleito, General Hamilton Mourão (PRTB) disse nesta segunda-feira, 19, que acredita que metade dos médicos cubanos que estão no país não voltarão para Cuba após o fim da parceria no programa Mais Médicos.

Mourão disse “Posso até ser leviano, mas acho que metade não volta, hein”. O General afirmou ainda que não sabe quanto tempo será necessário para que todos deixem o país, tendo em vista que estão espalhados pelo território nacional.

Atualmente, o programa Mais Médicos soma 18.240 vagas, sendo que cerca de 2000 mil estão em aberto sem médicos. De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 1600 municípios só tem cubanos ocupando as vagas do programa.


Deixe um comentário